Você é participante?

Metodologia Ágil | Melhor prática em 2024

Apresentando

Astrid Tran . 03 maio, 2024 . 10 min ler

Metodologia ágil ganhou popularidade significativa no desenvolvimento de software devido à sua abordagem flexível e iterativa. Com diversidade de frameworks e práticas, a metodologia Agile oferece uma forma diferente de gerenciar projetos em relação aos métodos tradicionais em cascata.

Se você não quer que seu concorrente o deixe para trás, adotar a metodologia Agile no gerenciamento de projetos pode ser uma excelente técnica para se manter à frente no mundo dos negócios acelerado de hoje. Mas antes disso, é importante obter uma visão mais profunda do mundo da metodologia Agile. Vamos examinar alguns recursos importantes sobre a metodologia Agile que fornecem uma melhor compreensão de como a metodologia Agile funciona na prática.

Metodologia ágil
O que é a metodologia Ágil e como ela funciona? | Foto: Freepik

Conteúdo

Dicas para um melhor envolvimento

Texto Alternativo


Procurando uma maneira interativa de gerenciar melhor seu projeto?

Obtenha modelos e questionários gratuitos para jogar em suas próximas reuniões. Cadastre-se gratuitamente e pegue o que quiser do AhaSlides!


🚀 Pegue uma conta gratuita
Reúna a opinião da comunidade com dicas de 'Feedback anônimo' do AhaSlides

O que é metodologia Ágil?

A metodologia ágil é uma abordagem de gerenciamento de projetos que se concentra na flexibilidade, na melhoria contínua e na colaboração com o cliente. Originou-se como uma resposta às limitações dos métodos tradicionais em cascata, que frequentemente resultavam em longos ciclos de desenvolvimento e processos rígidos. A metodologia ágil coloca uma forte ênfase no desenvolvimento iterativo, nos ciclos de feedback frequentes e na capacidade de responder aos requisitos em constante mudança.

Relacionado: Processo de Gestão Estratégica | O Guia Definitivo com as 7 melhores dicas

processo de fluxo de trabalho ágil, escória ágil
Diferenças de alguns modelos de trabalho Agile com o modelo de framework Waterfall | Foto: Freepik

Quais são as 5 metodologias ágeis?

Nesta parte, exploraremos as cinco principais metodologias ágeis, incluindo Scrum, Kanban, Lean, Extreme Programming (XP) e Crystal Method. Cada metodologia tem suas próprias características, princípios e práticas que contribuem para o sucesso do gerenciamento de projetos Agile.

Scrum

O framework Agile Scrum é uma das metodologias Agile mais amplamente adotadas. O gerenciamento ágil de projetos com Scrum divide os projetos em iterações curtas chamadas sprints, geralmente com duração de duas a quatro semanas. A estrutura incorpora vários papéis principais, incluindo o Scrum Master, o Product Owner e a Equipe de Desenvolvimento. O Scrum enfatiza as reuniões diárias, o planejamento do sprint, o refinamento do backlog e as revisões do sprint para garantir transparência, comunicação eficaz e melhoria contínua. Seus benefícios incluem maior colaboração, tempo de colocação no mercado mais rápido e maior capacidade de adaptação às mudanças nos requisitos do projeto.

Kanban

Kanban é outro modelo de trabalho Agile popular que se concentra na visualização e otimização do fluxo de trabalho. Essa abordagem usa um quadro Kanban para visualizar tarefas e seu progresso, normalmente representado como colunas e cartões. O Kanban promove um sistema baseado em puxar, onde os itens de trabalho são puxados de um estágio para o próximo conforme a capacidade permite. Ele fornece às equipes visibilidade clara de seu trabalho e permite que identifiquem gargalos e melhorem continuamente seus processos. Os benefícios do Kanban incluem eficiência aprimorada, desperdício reduzido e foco aprimorado da equipe na entrega de valor.

Programação Extrema (XP)

Outro bom framework Agile, o Extreme Programming (XP) visa melhorar a qualidade do software e aumentar a produtividade da equipe por meio de um conjunto de práticas e valores. Com ênfase na comunicação, simplicidade e adaptabilidade, as práticas de XP em Agile fornecem uma abordagem estruturada para o desenvolvimento de software que permite que as equipes entreguem produtos de alta qualidade, acomodando os requisitos em constante mudança. 

Desenvolvimento Enxuto

A metodologia Lean, embora não seja exclusivamente uma estrutura Agile, compartilha muitos princípios e práticas com Agile. Originário da fabricação, o Lean visa eliminar o desperdício e melhorar a eficiência, concentrando-se na criação de valor e na melhoria contínua. Lean enfatiza a importância do valor do cliente, minimizando o trabalho desnecessário e otimizando o fluxo. Ao adotar os princípios Lean em um contexto Agile, as equipes podem aprimorar a colaboração, reduzir o desperdício e agregar valor com mais eficiência.

Método Cristal

Quando se trata de uma concentração em indivíduos e suas interações, o método Crystal é muito mais preferido. Desenvolvido por Alistair Cockburn, o Crystal Method é projetado para priorizar princípios e valores orientados para as pessoas dentro do processo de desenvolvimento de software. Ele reconhece a importância das habilidades individuais e experiência no sucesso do projeto. Além disso, concentra-se em identificar e alavancar os pontos fortes dos membros da equipe, garantindo que as pessoas certas sejam designadas para as tarefas certas.

Relacionado: Técnica de Time Boxing - Guia para usar em 2023

Quais são os benefícios de usar a metodologia Agile?

Adotar princípios e valores ágeis pode trazer uma série de benefícios para as organizações. Aqui estão alguns dos principais 

Melhor visibilidade do projeto

A metodologia ágil fornece uma visão transparente e em tempo real do andamento do projeto. Reuniões regulares, como reuniões diárias e revisões de sprint, permitem que as equipes discutam suas realizações, desafios e tarefas futuras. Esse nível de visibilidade permite que as partes interessadas tomem decisões informadas, identifiquem possíveis obstáculos e ajustem as prioridades de acordo. Como resultado, é mais provável que os projetos permaneçam no caminho certo e atinjam seus objetivos.

Maior adaptabilidade

No atual cenário de negócios em rápida mudança, a capacidade de se adaptar rapidamente é crucial para o sucesso. A metodologia Agile se destaca nessa área, permitindo que as equipes respondam rapidamente a novos requisitos, tendências de mercado ou feedback do cliente. Ao dividir os projetos em tarefas menores e gerenciáveis, o Agile permite que as equipes ajustem seus planos e prioridades sem interromper todo o projeto. Essa flexibilidade garante que as empresas possam melhorar continuamente e agregar valor aos seus clientes.

Tempo de lançamento mais rápido

A metodologia ágil enfatiza a entrega de produtos funcionais em iterações curtas. Em vez de esperar até o final de um projeto para lançar um produto final, o Agile permite que as equipes liberem atualizações incrementais ao longo do processo de desenvolvimento. Essa abordagem iterativa permite que as empresas obtenham feedback antecipado, validem suposições e façam os ajustes necessários prontamente. Ao reduzir o retrabalho demorado e agregar valor desde o início, a metodologia Agile ajuda as empresas a acelerar seu tempo de lançamento no mercado e obter uma vantagem competitiva.

Quais são as 5 etapas da metodologia Agile?

Quais são os 5 estágios do desenvolvimento ágil? Inspirada em um ciclo de vida de desenvolvimento de software (SDLC), a metodologia Agile segue 5 estágios, incluindo idealização, desenvolvimento, teste, implantação e operações. Vamos dar uma olhada mais de perto nos meandros de cada estágio.

processo ágil com 5 etapas
As 5 etapas do ciclo de vida do projeto Agile | Foto: Mendix

Etapa 1: Ideação

Quase todos os projetos de desenvolvimento de software Agile iniciam com uma fase de ideação. Este processo envolve brainstorming e coleta de requisitos para definir o escopo e os objetivos do projeto. 

Durante esse estágio, o proprietário do produto, as partes interessadas e a equipe de desenvolvimento colaboram para identificar os objetivos do projeto, as necessidades do usuário e priorizar os recursos. Histórias de usuários ou itens do backlog do produto são criados para capturar requisitos e formar a base para o desenvolvimento.

Estágio 2: Desenvolvimento

Em seguida vem a fase de desenvolvimento que se concentra em transformar os requisitos em incrementos funcionais de software. As metodologias ágeis enfatizam o desenvolvimento iterativo e incremental, dividindo o trabalho em tarefas gerenciáveis ​​ou histórias de usuários. 

As equipes de desenvolvimento trabalham de forma colaborativa em iterações curtas, geralmente chamadas de sprints, que são períodos limitados de tempo dedicados à conclusão de tarefas específicas. Durante cada sprint, a equipe seleciona histórias de usuários do backlog do produto e desenvolve incrementos de software funcionais, garantindo que os recursos mais valiosos sejam entregues primeiro.

Estágio 3: Teste

Na terceira etapa do processo de desenvolvimento ágil, o teste é realizado continuamente ao longo do processo de desenvolvimento para garantir a qualidade do software e validar se o produto atende aos requisitos especificados. 

As metodologias ágeis promovem o desenvolvimento orientado a testes (TDD), em que os testes são escritos antes que o código seja implementado. Isso ajuda a garantir que o software funcione conforme pretendido e reduz a probabilidade de introduzir bugs ou defeitos. 

O teste inclui teste de unidade, teste de integração e teste de aceitação para validar a funcionalidade e usabilidade do software.

Etapa 4: implantação

O estágio de implantação do modelo de processo Ágil envolve a liberação do software desenvolvido para os usuários finais ou clientes. As metodologias ágeis defendem implantações frequentes e regulares para coletar feedback antecipadamente e incorporar alterações com base na entrada do usuário. 

As práticas de integração contínua e implantação contínua (CI/CD) são frequentemente empregadas para automatizar o processo de implantação, garantindo que o software seja implantado de maneira consistente e eficiente. 

Esta etapa também inclui atividades como gerenciamento de configuração, documentação e treinamento do usuário para facilitar uma transição suave para o ambiente de produção.

Estágio 5: Operações

Na fase final, as operações, descreve o suporte contínuo e a manutenção do software implantado. As metodologias ágeis reconhecem que o desenvolvimento de software é um processo contínuo e as equipes devem responder aos comentários dos clientes e se adaptar às mudanças nos requisitos. 

As equipes ágeis se envolvem em monitoramento contínuo, correções de bugs, aprimoramentos de recursos e suporte ao usuário para garantir que o software permaneça funcional, seguro e alinhado com as necessidades em evolução dos usuários finais. Retrospectivas regulares são realizadas para refletir sobre o processo de desenvolvimento e identificar oportunidades de melhoria.

Metodologia Ágil VS Metodologia Waterfall

Ao contrário das metodologias tradicionais em cascata, que dependem de planejamento rigoroso e processos lineares, o Agile abraça a mudança e incentiva as equipes a trabalhar em ciclos curtos chamados sprints. 

Enquanto as metodologias Agile são projetadas para aceitar mudanças, as metodologias Waterfall são menos flexíveis quando se trata de acomodar mudanças. 

  • Mudanças no projeto Waterfall requerem retrabalho extenso e podem atrapalhar o cronograma e o orçamento planejados. 
  • As mudanças do projeto ágil podem ser facilmente incorporadas nas iterações curtas, permitindo adaptações rápidas às necessidades do cliente e à dinâmica do mercado.

Além disso, as metodologias ágeis promovem a identificação e mitigação precoce e contínua de riscos. Por outro lado, as metodologias Waterfall tendem a ter um risco maior de falha do projeto devido à sua natureza rígida e sequencial.

Perguntas Frequentes

O que é a metodologia Ágil e como ela funciona?

A metodologia ágil é uma abordagem de gerenciamento de projetos que valoriza a adaptabilidade e a capacidade de resposta às mudanças, a fim de fornecer resultados de alta qualidade. Ao contrário dos métodos tradicionais de gerenciamento de projetos, o Agile divide os projetos em tarefas menores e gerenciáveis ​​e se concentra na entrega de valor de forma incremental.

O que é Ágil x Scrum?

Agile é uma metodologia de desenvolvimento no Manifesto Ágil, projetada para promover desenvolvimento incremental e iterativo, feedback contínuo e envolvimento frequente do cliente. Scrum é uma implementação sob o guarda-chuva Agile em que todo o projeto é dividido em curtos períodos de tempo chamados sprints, e o scrum master é responsável por entregar o incremento do produto.

O que é um exemplo de Agile?

Imagine uma empresa de desenvolvimento de software que deseja criar um novo aplicativo móvel. Usando a metodologia Agile, a empresa dividiria o projeto em tarefas menores e gerenciáveis ​​chamadas histórias de usuários.

Principais lições

O software de gerenciamento ágil é popularmente utilizado hoje em dia para ajudar os gerentes de projeto a economizar tempo, dinheiro e outros esforços necessários para manter os projetos em andamento, alta produtividade e desempenho da equipe. Escolher a tecnologia ágil certa para o trabalho é fundamental para obter o máximo de valor. 

Também é essencial que as empresas invistam em treinamento e ferramentas adequadas para implementar com sucesso a metodologia Agile. Para levar suas práticas ágeis para o próximo nível, tente AhaSlides para sessões de treinamento interativas e colaboração efetiva.

Ref: Mendix | Expandir | nerdsforgeeks