Você é participante?

A regra 10 20 30: o que é e 3 motivos para usá-la em 2022

A regra 10 20 30: o que é e 3 motivos para usá-la em 2022

Apresentando

Lawrence Haywood . Janeiro 17 2023 . 7 min ler

Não o conhecemos, mas garantimos Você assistiram a uma apresentação em PowerPoint que aconteceu por demasiado longo. Você está com 25 slides de profundidade, 15 minutos e teve sua atitude de mente aberta totalmente destruída por paredes sobre paredes de texto.

Bem, se você é o veterano especialista em marketing Guy Kawasaki, certifique-se de que isso nunca aconteça novamente.

Você inventa o regra 10 20 30. É o santo graal para apresentadores de PowerPoint e uma luz orientadora para apresentações mais envolventes e que convertem.

No AhaSlides, adoramos grandes apresentações. Estamos aqui para fornecer tudo o que você precisa saber sobre o 10 20 30 regra e como você pode começar a implementá-la em seus seminários, webinars e reuniões.

Mais dicas com o AhaSlides

Texto Alternativo


Comece em segundos.

Obtenha modelos gratuitos para sua próxima apresentação interativa. Inscreva-se gratuitamente e pegue o que quiser da biblioteca de modelos!


🚀 Obtenha modelos gratuitamente

O que é a regra 10 20 30?

Mas o 10-20-30 A regra do PowerPoint é uma coleção de 3 princípios de ouro a serem seguidos em suas apresentações.

É a regra que sua apresentação deve ...

  1. Conter no máximo Lâminas 10
  2. Ter um comprimento máximo de 20 minutos
  3. Tem um mínimo tamanho da fonte de 30

A única razão pela qual Guy Kawasaki criou a regra foi para fazer apresentações mais envolvente.

A vida do 10 20 30 regra pode parecer excessivamente restritiva à primeira vista, mas como é necessário na crise de atenção de hoje, é um princípio que ajuda você a causar o máximo impacto com o mínimo de conteúdo.

Vamos mergulhar ...


Os 10 slides

A regra 10 20 30 das apresentações em PowerPoint em Estocolmo.
10 slides é tudo que você precisa.

Guy Kawasaki diz dez slides 'é o que a mente pode lidar'. Sua apresentação deve obter no máximo 10 pontos em 10 slides.

A tendência natural ao apresentar é tentar descarregar o máximo de informação possível sobre o público. O público não apenas absorve informações como uma esponja coletiva; eles precisam de tempo e espaço para processar o que está sendo apresentado.

Para os arremessadores que procuram fazer a apresentação perfeita do argumento de venda, Guy Kawasaki já tem seus 10 slides para você:

  1. Título
  2. Problema / oportunidade
  3. Proposta de valor
  4. Magia Subjacente
  5. Modelo de Negócios
  6. Plano Go-to-Market
  7. Análise Competitiva
  8. Equipe de Gerenciamento
  9. Projeções financeiras e métricas chave
  10. Situação atual, realizações até a data, cronograma e uso de fundos.

Mas lembre-se, o 10-20-30 governar não se aplica apenas aos negócios. Se você é um professor universitário, faz um discurso em um casamento ou tenta alistar seus amigos em um esquema de pirâmide, há sempre uma forma de limitar o número de slides que você está usando.

Manter seus slides em dez compactos pode ser a parte mais desafiadora do 10 20 30 regra, mas também é o mais importante.

Claro, você tem muito a dizer, mas não é todo mundo que lança uma ideia, dando palestras na universidade ou inscrevendo seus amigos na Herbalife? Reduza para 10 slides ou menos, e a próxima parte do 10 20 30 regra seguirá.


Os 20 minutos

A importância de uma apresentação de 20 minutos.
Mantenha as apresentações em um mínimo de 20 minutos ou menos.

Se você já foi desligado um episódio de um Netflix Original porque tem uma hora e meia de duração, pense naquele pobre público ao redor do mundo que está, agora, sentado em apresentações de uma hora.

A seção intermediária do 10 20 30 regra diz que uma apresentação nunca deve ser mais longa do que um episódio dos Simpsons.

Isso é um fato, considerando que, se a maioria das pessoas não consegue se concentrar totalmente durante a excelente temporada da 3 Homer no bastão, como eles farão uma apresentação de 40 minutos sobre as vendas projetadas de cordões para o próximo trimestre?

A apresentação perfeita de 20 minutos

  • Intro (1 minutos) – Não se deixe levar pelo brio e pelo carisma da abertura. Seu público já sabe por que está ali, e desenhar a introdução dá a impressão de que essa apresentação será opção. Uma longa introdução dissolve o foco antes mesmo de a produção começar.
  • Faça uma pergunta / Ilumine o problema (Minutos 4) – Vá direto ao que esta apresentação está tentando resolver. Traga o tema principal da produção e enfatize sua importância por meio de dados e/ou exemplos do mundo real. Reúna as opiniões do público para promover o foco e ilustrar a proeminência do problema.
  • Corpo Principal (Minutos 13) – Naturalmente, este é todo o motivo da apresentação. Ofereça informações que tentem responder ou resolver sua dúvida ou problema. Forneça fatos e figuras visuais que suportem o que você está dizendo e faça a transição entre os slides para formar o corpo coeso de seu argumento.
  • Conclusão (Minutos 2) – Forneça um resumo do problema e os pontos que você fez para resolvê-lo. Isso consolida as informações dos membros da audiência antes que eles perguntem sobre isso nas perguntas e respostas.

Como afirma Guy Kawasaki, uma apresentação de 20 minutos deixa 40 minutos para perguntas. Essa é uma proporção excelente a ser almejada, pois incentiva a participação do público.

AhaSlides ' Recurso de perguntas e respostas é a ferramenta perfeita para aquelas perguntas pós-pres. Esteja você apresentando pessoalmente ou online, um slide interativo de perguntas e respostas dá poder ao público e permite que você aborde suas reais preocupações.

💡 20 minutos ainda parece muito longo? Por que não tentar um Apresentação de minutos 5?


A fonte de 30 pontos

A importância do texto grande na regra 10 20 30.
O uso de fontes grandes oferece apresentações mais impactantes e impactantes-Eu sou umé cortesia de Barraca de Design.

Uma das maiores queixas do público sobre as apresentações do PowerPoint é a tendência do apresentador de ler seus slides em voz alta.

Existem duas razões pelas quais isso vai de encontro a tudo o que 10-20-30 regra representa.

A primeira é que o público lê mais rápido do que o apresentador fala, o que causa impaciência e perda de foco. A segunda é que sugere que o slide inclui muita informação de texto.

Este é o lugar onde o segmento final do 10 20 30 regra entra. O Sr. Kawasaki aceita absolutamente nada menos que 30pt. uma fonte quando se trata de texto em seus PowerPoints, e ele tem dois motivos para isso…

  1. Limitando a quantidade de texto por slide – Fechar cada queda com um certo número de palavras significa que você não ficará tentado a ler as informações em voz alta simplesmente. Seu público vai se lembrar 80% do que veem e apenas 20% do que lêem, portanto, mantenha o texto no mínimo.
  2. Dividindo os pontos - Menos texto significa frases mais curtas e mais fáceis de digerir. A parte final do 10 20 30 regra corta o waffle e vai direto ao ponto.

Suponha que você esteja pensando em um 30pt. a fonte não é radical o suficiente para você, confira o que o guru do marketing Seth Godin sugere:

Não mais do que seis palavras em um slide. SEMPRE. Não há apresentação tão complexa que essa regra precise ser quebrada.

Seth Godin

Depende de você se deseja incluir 6 ou mais palavras em um slide, mas, independentemente, a mensagem de Godin e Kawasaki é alta e clara: menos texto, mais apresentando.


3 Razões para Usar a Regra 10 20 30

Não acredite apenas na nossa palavra. Aqui está o próprio Guy Kawasaki recapitulando o 10 20 30 regra e explicando por que ele veio com isso.

O próprio homem, Guy Kawasaki, resume sua regra 10 20 30 para PowerPoint.

Então, discutimos como você pode se beneficiar das seções individuais do 10 20 30 regra. Agora, vamos falar sobre como o princípio da Kawasaki pode elevar o nível de suas apresentações.

  1. Mais envolvente – Naturalmente, apresentações mais curtas com menos texto incentivam mais falas e recursos visuais. É fácil se esconder atrás do texto, mas as apresentações mais empolgantes que existem se manifestam no que o palestrante diz, não no que ele mostra.
  2. Mais direto - Seguindo o 10 20 30 regra promove a informação necessária e corta o redundante. Quando você se força a ser o mais breve possível, naturalmente prioriza os pontos-chave e mantém seu público focado no que você deseja.
  3. Mais memorável - Combinar o foco e fazer uma apresentação atraente e centrada no visual resulta em algo mais especial. Seu público sairá de sua apresentação com as informações corretas e uma atitude mais positiva em relação a elas.

Você pode ser um dos milhões de apresentadores migrando para apresentações online. Em caso afirmativo, o 10 20 30 regra pode ser uma de muitas dicas para tornar seus webinars mais cativantes.


Mais ótimas dicas para apresentações

Lembra daquela experiência da qual falamos na introdução? Aquela que dá vontade de derreter no chão para evitar a dor de outra apresentação unilateral de uma hora?

Bem, tem um nome: Morte por PowerPoint. Temos um artigo completo sobre Death by PowerPoint e como você pode evitar cometer esse pecado em suas apresentações.

Experimentando o 10-20-30 rule é um ótimo lugar para começar, mas aqui estão algumas outras maneiras de incrementar sua apresentação.

Dica nº 1 - torne-o visual

Essa regra de '6 palavras por slide' que Seth Godin fala pode parecer um pouco restritiva, mas seu objetivo é fazer com que seus slides mais visual.

Mais recursos visuais ajudam a ilustrar seus conceitos e aumentam a memória do público sobre os pontos críticos. Você pode esperar que eles saiam com 65% das suas informações lembradas se você usar imagens, vídeos, adereços e gráficos.

Compare isso com o 10% taxa de memória de slides somente de texto, e você tem um caso convincente para se tornar visual!

Dica nº 2 - torne-o preto

Outra dica profissional de Guy Kawasaki, aqui. Um fundo preto e um texto branco são um muito mais potente do que um fundo branco e um texto preto.

Grito de fundos pretos profissionalismo e gravitas. Além disso, o texto claro (de preferência um pouco mais cinza do que branco puro) é mais fácil de ler e digitalizar.

O texto do título branco contra um fundo colorido também se destaca mais. Certifique-se de aproveitar o uso de fundos pretos e coloridos para impressionar em vez de oprimir.

Dica nº 3 - Torne-o interativo

Pessoas curtindo uma apresentação interativa no AhaSlides

Você pode odiar a participação do público no teatro, mas as mesmas regras não se aplicam às apresentações.

Não importa qual seja o seu assunto, você deve sempre encontre uma maneira de torná-lo interativo. Envolver o seu público é fantástico para aumentar o foco, usar mais recursos visuais e criar um diálogo sobre o assunto que ajuda o público a se sentir valorizado e ouvido.

Nas reuniões on-line de hoje e na era do trabalho remoto, uma ferramenta gratuita como AhaSlides é essencial para criar esse diálogo. Você pode usar enquetes interativas, slides de perguntas e respostas, nuvens de palavras e muito mais para coletar e ilustrar seus dados e até mesmo usar um questionário para consolidá-los.

Quer experimentar de graça? Clique no botão abaixo para se juntar a milhares de usuários felizes no AhaSlides!

Imagem de recurso cortesia de Vida Hackeada.

Use este código de referência ao finalizar a compra: AHAXMAS21

📢 Webinar Interativo AhaSlides 📹 Aproveite ao máximo o AhaSlides!