Você é participante?

Habilidades de escuta ativa no trabalho | +4 dicas para sucesso no local de trabalho

Apresentando

Jane Ng . 16 abril, 2024 . 13 min ler

A atenção com que você ouve os outros afetará significativamente seu desempenho no trabalho e a qualidade de seus relacionamentos atuais. Portanto, apenas ouvir não é suficiente, o que você precisa é praticar habilidades de escuta ativa tão bem. 

Então, o que exatamente é a escuta ativa? Quais são os benefícios de ter habilidades de escuta ativa no trabalho e como isso pode ser melhorado? Vamos descobrir no artigo de hoje!

Mais dicas do AhaSlides

Mais envolvimento com suas reuniões

Texto Alternativo


Procurando uma ferramenta de engajamento no trabalho?

Reúna seu companheiro para um teste divertido no AhaSlides. Inscreva-se para fazer o teste gratuito da biblioteca de modelos AhaSlides!


🚀 Faça um teste grátis☁️

Visão geral:

Quais são os 3A's das habilidades de escuta ativa?Atitude, atenção e ajuste.
Quais são os quatro tipos de escuta ativa?Escuta profunda, escuta plena, escuta crítica, escuta terapêutica.
Visão geral das habilidades de escuta ativa.

O que é escuta ativa?

A escuta ativa é uma habilidade que precisa de prática, não inata. Tornar-se um mestre dessa habilidade requer um pouco de tempo e paciência.

Como o nome sugere, escuta ativa significa ouvir ativamente com o envolvimento de todos os sentidos. Em outras palavras, você se concentra totalmente no que a outra pessoa está comunicando, em vez de apenas “ouvir” passivamente, sem se concentrar na mensagem dela.

Habilidades de escuta ativa
Habilidades de escuta ativa

A atenção do ouvinte pode ser expressa tanto em gestos quanto em palavras, incluindo:

  • Contato visual
  • Acene com a cabeça, sorria
  • Nunca interrompa o orador
  • Concorde dizendo “sim” ou “hum” para encorajar a outra pessoa a continuar falando.

Ao fornecer “feedback”, o orador se sentirá mais à vontade e conduzirá a conversa de forma mais rápida, aberta e sincera.

Em particular, os ouvintes devem manter uma atitude neutra e sem julgamento. (Não escolha lados nem forme opinião, principalmente no início da história).

A escuta ativa também requer paciência – pausas e breves silêncios devem ser aceitos. Portanto, o ouvinte não deve se apressar em fazer perguntas ou comentários toda vez que o falante fizer uma pausa de alguns segundos. Em vez disso, eles devem entender que este é um momento para os palestrantes aprofundarem seus pensamentos e sentimentos.

Exemplos de Aplicação de Habilidades de Escuta Ativa no Trabalho

Aqui estão alguns exemplos de como aplicar habilidades de escuta ativa no trabalho:

  • O representante do atendimento ao cliente repetiu o problema da cliente para assegurar-lhe que ela ainda estava ouvindo.
  • Um consultor acena com a cabeça e diz: “Ainda estou ouvindo você”, para encorajar os clientes a continuarem falando sobre suas más experiências com o produto.
  • Um líder notou que uma funcionária queria contribuir, mas estava com medo, e a encorajou a compartilhar a ideia em particular com um pequeno sorriso.
  • Um entrevistador notou que uma candidata não fazia contato visual com ela quando ela falava sobre seus pontos fortes.

Dicas para pesquisar melhor no trabalho

5 benefícios das habilidades de escuta ativa no trabalho

Esteja você procurando uma nova oportunidade de emprego, lutando por uma promoção ou trabalhando para melhorar sua função atual, melhorar suas habilidades de escuta ativa no local de trabalho desempenha um papel importante nesta jornada. Assim como o pensamento crítico e as habilidades de resolução de problemas, isso ajudará a aumentar seu valor. 

Habilidades de escuta ativa - Imagem: freepik

Aqui estão alguns benefícios de ter habilidades de escuta ativa no trabalho: 

1/ Crie conexões com outras pessoas

Porque você ouve sinceramente o que os outros dizem, faz com que as pessoas queiram se comunicar com você com mais frequência e se sintam à vontade para compartilhar informações. Portanto, isso pode ajudar a abrir oportunidades para colaborar com outros colegas (independentemente do departamento), realizar o trabalho rapidamente ou iniciar novos projetos em potencial.

2/ Ganhe confiança

Ouvir os outros é uma habilidade que requer paciência e prática. Com o tempo, quando as pessoas souberem que podem conversar confortavelmente com você, sem interrupções, julgamentos ou interferências indesejadas, elas terão mais confiança em você. Isso é benéfico ao conhecer um novo cliente ou alguém com quem você deseja desenvolver um relacionamento de trabalho de longo prazo.

3/ Auxiliar na identificação e resolução do problema.

As habilidades de escuta ativa o ajudarão a identificar os desafios e as dificuldades que seus colegas de equipe estão enfrentando ou os problemas que estão surgindo no projeto. Quanto mais rápido você identificar esses problemas, mais cedo poderá encontrar uma solução ou planejar para resolvê-los.

4/ Melhorar o conhecimento de vários tópicos.

Para ser um ótimo funcionário/líder/gerente, você deve sempre se esforçar para aprender coisas novas e desenvolver sua base de conhecimento. A escuta ativa ajudará você a reter informações, obter insights sobre novos tópicos e lembrar o que aprendeu para aplicá-lo no futuro.

5/ Evite perder informações importantes

Como os ouvintes ativos interagem fortemente com o orador, eles podem se lembrar de detalhes específicos. Isso é especialmente importante quando o orador demonstra instruções, treina você em um novo processo ou transmite uma mensagem que você é responsável por transmitir aos outros.

Quais são as 10 habilidades de escuta ativa? 

Habilidades de escuta ativa No trabalho. Imagem: freepik

Vamos definir habilidades de escuta ativa! Antes de entrar nesta seção, você precisa saber que existem dois tipos de escuta ativa: Verbais e Não Verbais. 

Verbal – habilidades de escuta ativa no trabalho

Reflita e esclareça

Resumir, refletir e esclarecer o(s) ponto(s) principal(ais) da mensagem do orador ajuda você a entender completamente o significado delas. Isso também permitirá que o orador esclareça informações vagas ou expanda sua mensagem. 

Por exemplo: “Então você está falando sobre o atual processo de marketing que não atende mais às necessidades do cliente porque não suporta arquivos de vídeo grandes?” 

– É assim que um líder de marketing ouve ativamente para resumir e discutir o problema que o funcionário está tendo.

Faça perguntas abertas

Fazer perguntas abertas sobre o que você coletou ajuda a orientar o orador a compartilhar informações adicionais. Certifique-se de que essas perguntas não podem ser respondidas com “sim” ou “não”.

Exemplo: "Você tem razão. O processo de marketing deve ter alguns ajustes. Então, quais mudanças no processo você acha que devem ocorrer nos próximos seis meses?”

Use frases afirmativas curtas

Declarações curtas e positivas ajudarão o orador a se sentir mais confortável e a ver que você está engajado e capaz de processar as informações fornecidas. As afirmações também ajudam você a continuar a conversa sem interromper ou atrapalhar o fluxo do orador. 

Exemplo: "Eu entendo." "Eu entendi." “Sim, isso faz sentido.” "Concordo."

Demonstre empatia e compaixão. 

A melhor estratégia a ser aplicada por um ouvinte ativo é garantir que o palestrante entenda que você pode reconhecer seus sentimentos e compartilhá-los com ele. Ao demonstrar compaixão e empatia, em vez de apenas senti-las, você pode se conectar com quem fala e começar a estabelecer um senso de confiança mútua. 

Por exemplo: “Lamento que você esteja lidando com isso. Vamos trabalhar juntos para descobrir algumas maneiras de ajudar.”

Lembrete

Tente se lembrar de histórias, conceitos-chave, ideias ou outros pontos importantes que o palestrante compartilhou com você no passado. Isso mostra que você não está apenas ouvindo o que eles dizem naquele momento, mas também pode reter informações e recordar detalhes específicos. 

Por exemplo, “Na semana passada, você mencionou a adição de um colaborador de conteúdo para ajudar no processo e achei uma ótima ideia.”

Espelhando 

Espelhar é repetir quase precisamente o que o falante disse. Você deve usar palavras curtas e simples, como repetir algumas palavras-chave ou as últimas palavras ditas. Este é um sinal para o orador continuar sua história. No entanto, não repita tudo o que eles dizem ou repita demais, pois isso pode incomodar o falante.

Não Verbal – habilidades de escuta ativa no trabalho

Exemplos de habilidades de escuta ativa. Imagem: freepik

Sorrir

Sorrisos podem mostrar que o ouvinte está atento ao que está sendo dito. Ou como forma de demonstrar concordância ou interesse pelo que estão ouvindo. Se você combiná-lo com acenar com a cabeça, sorrir pode ser um gesto poderoso para confirmar que as mensagens estão sendo recebidas e compreendidas.

Contato visual

Olhar para o orador enquanto ele fala é muito importante e deve ser incentivado, pois mostra respeito pela outra pessoa. No entanto, para falantes inseguros e tímidos, o contato visual pode criar uma sensação de intimidação. Portanto, você precisa ajustar seus olhos de acordo com cada situação. Combine contato visual com sorrisos e outros gestos para motivar os palestrantes.

Posturas e gestos

A postura e os gestos podem dizer muito sobre o ouvinte. Ouvintes ativos tendem a se inclinar para frente ou para um lado enquanto estão sentados. Eles também podem inclinar a cabeça ou apoiar o queixo nas mãos enquanto ouvem atentamente.

Distração

Os ouvintes ativos não serão distraídos e, portanto, serão capazes de evitar as distrações. Este é também o respeito obrigatório que têm pelos seus oradores. Por exemplo, eles não olham para o relógio, desenham porcaria no papel, puxam o cabelo ou roem as unhas.

Exemplos de boas habilidades de escuta. Foto: Freepik

Como melhorar as habilidades de escuta ativa no trabalho

As habilidades de escuta ativa são essenciais em qualquer campo e, se você souber como melhorar, abrirá melhores oportunidades no futuro. Ouvir ativamente significa receber, interpretar as informações que você recebe e responder a elas. E só entende o que você diz, mas também antecipa o que você está “prestes” a dizer. 

Então, aqui estão algumas “dicas” para ajudá-lo a se tornar um bom ouvinte ativo.

Use a linguagem corporal

As expressões corporais e faciais “dizem” se o ouvinte está prestando atenção na conversa. Portanto, gerenciar suas emoções e gestos durante a escuta é importante para ajudá-lo a dominar essa habilidade de maneira eficaz. 

Um ouvinte ativo agirá como acenando para mostrar aprovação e manter o corpo no estado mais confortável e natural.

Evite julgar as opiniões dos outros.

A missão do ouvinte ativo é ouvir, entender e respeitar o ponto de vista do falante. Portanto, não interrompa enquanto a outra pessoa estiver falando e não tente expressar sua própria opinião enquanto a outra pessoa estiver falando.

Interromper as palavras de outras pessoas desperdiçará tempo e limitará sua capacidade de entender a mensagem inteira.

Avalie a conversa

Após o término da conversa, o ouvinte ativo precisa reavaliar a conversa para ver se houve algum erro ou quais foram as mensagens da história.

Através da reavaliação da conversa, o ouvinte aprende outras habilidades necessárias na comunicação, como se comportar, interpretar, fazer perguntas, etc.

Apenas ouvir é o suficiente

Às vezes, os oradores precisam de alguém que possa ouvi-los.

Com pessoas conhecidas, os ouvintes tentarão ajudá-los a encontrar uma solução para o problema. Mas quando se trata de habilidades de escuta no trabalho, se sua mente estiver ocupada com pensamentos tentando encontrar a melhor resposta, você não conseguirá ser um “ouvinte ativo”.

Brainstorming melhor com AhaSlides

A escuta ativa no trabalho é uma habilidade crucial para abrir melhores oportunidades de carreira. Reúna as opiniões e pensamentos dos colegas de trabalho com dicas de 'Feedback anônimo' do AhaSlides.
Ouça ativamente a definição. Foto: Freepik

Principais lições

Tornar-se um excelente ouvinte ativo irá beneficiá-lo no trabalho e nos relacionamentos. No entanto, adquirir habilidades de escuta ativa no trabalho exige muito esforço, paciência e prática. 

Você deve se colocar no lugar do orador e ouvir os outros como você quer ser ouvido. Esta é uma tentativa de não apenas ouvir passivamente os outros, mas também entender sua mensagem. Requer que você esteja totalmente focado, interaja e responda ao orador.

Boa sorte!

Perguntas frequentes:

Quais são as quatro barreiras comuns para ouvir?

Quatro barreiras dificultam uma escuta eficaz: distrações, julgamento, sobrecarga de informações e velocidade de fala.

Por que a escuta ativa é importante?

A escuta ativa é vital porque promove a honestidade, a abertura e a simpatia. Em outras palavras, ao prestar atenção ao seu parceiro na conversa, você mostra que as palavras dele são importantes para você, para que a confiança possa ser construída.